Com investimentos de R$ 5,8 bilhões, a nova fábrica permitirá à Companhia dobrar de tamanho, proporcionando mais agilidade no processo de logística, menores custos e maior competitividade.

Em 2013, a Klabin consolidou as condições necessárias para a realização do maior investimento de sua história – o Projeto Puma -, que fará com que a Companhia dobre de tamanho em três anos. O investimento total da nova fábrica, instalada no município de Ortigueira (PR) é de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos. A inauguração está prevista para 2016.

A fábrica terá capacidade anual de produção de 1,5 milhão de toneladas de celulose, sendo 1,1 milhão de toneladas de celulose de fibra curta e 400 mil toneladas de celulose de fibra longa, parte dela convertida em fluff (utilizada na confecção de fraldas descartáveis e absorventes).

Para garantir o abastecimento da nova unidade, a companhia conta com 107 mil hectares de florestas plantadas, localizadas em um raio médio de 72 km da fábrica. Isso representa parte importante do Projeto e assegura a sua competitividade e eficiência.





Oportunidade de desenvolvimento

Com a nova fábrica, serão realizadas obras de infraestrutura e haverá aumento das oportunidades econômicas e sociais, geração de renda, qualificação profissional e incremento na arrecadação de impostos, contribuindo para o desenvolvimento regional.

A seguir, os principais benefícios da implantação da nova fábrica na região:




icone_projeto_puma_div_icms

Divisão de ICMS
Um convênio assinado entre o Governo do Estado, a Klabin e os municípios da região definiu a divisão do ICMS proveniente das operações da nova fábrica entre doze municípios.
Ortigueira ficará com 50% desse imposto e os 50% restantes serão divididos entre as cidades de Cândido de Abreu, Congonhinhas, Curiúva, Imbaú, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania. A divisão será baseada em critérios como a população e o índice de desenvolvimento social de cada município.

icone_projeto_puma_ger_empregos

Geração de empregos
Cerca de 85% dos trabalhadores empregados na etapa de terraplanagem, realizada entre o fim de 2013 até o primeiro semestre de 2014, são provenientes dos municípios vizinhos ao empreendimento.
No auge da construção, a previsão é que 8,5 mil pessoas estejam trabalhando no canteiro de obras. Quando estiver em operação, a nova unidade terá 1,4 mil postos de trabalho entre os setores fabril e florestal.

icone_projeto_puma_capacitacao

Capacitação
Para dar mais oportunidades aos moradores da região, a Klabin tem apoiado o treinamento e a capacitação por meio de cursos gratuitos, oferecidos em parceria com a Secretaria do Trabalho e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Desde abril de 2013, mais de 400 alunos de Imbaú, Ortigueira e Telêmaco Borba formaram-se em diversas áreas. Novas turmas devem ser abertas ao longo de 2014.

icone_projeto_puma_melhorias

Melhorias na infraestrutura regional
Em maio de 2013, foi firmado um protocolo de intenções entre o Governo do Estado do Paraná e a Klabin para investimentos em infraestrutura regional pública. Estão previstas a construção de um ramal ferroviário; linhas de transmissão e obras em cerca de 100 quilômetros de estradas, como a pavimentação das estradas da Campina e Minuano; melhoria da Estrada Estratégica e a construção de uma nova estrada na margem direita do rio Tibagi.

icone_projeto_puma_eficiencia_ener

Eficiência energética
A fábrica em Ortigueira será autossuficiente na geração de energia elétrica, com uma produção de 270 MW. Desse total, a previsão é que 120 MW sejam utilizados para consumo na própria unidade e os 150 MW excedentes – energia suficiente para abastecer uma cidade de meio milhão de habitantes, como Londrina (PR) – sejam disponibilizados no sistema elétrico brasileiro. Dessa forma, toda a energia produzida pela Klabin será limpa, sem queima de combustíveis fósseis e provenientes de fontes renováveis.





Linha do tempo do Projeto Puma



projeto_puma_linha_tempo



Projeto Puma: um novo ciclo

projeto_puma_01
Obras
projeto_puma_02
Operação
projeto_puma_03