Aspas_msg_administracao

Bons resultados e avanços na governança são reconhecidos pelo mercado.

Com 115 anos, a Klabin encerrou o período com o melhor resultado de sua história, completando dez trimestres consecutivos de crescimento do EBITDA, que atingiu R$ 1,6 bilhão.

Para a Klabin, 2013 foi um ano de grandes decisões, que representam o início de um novo ciclo de crescimento da Companhia. O Projeto Puma, aprovado pelo Conselho de Administração e pelos acionistas, envolve a construção de uma nova fábrica de celulose no município de Ortigueira (PR). Maior investimento já realizado pela empresa, com um aporte total de R$ 5,8 bilhões – excluindo ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos – levará a Companhia a dobrar seu volume de produção em apenas três anos.

Conselheiros e acionistas também aprovaram as mudanças no Estatuto Social, que permitiram à Klabin aprimorar suas práticas de governança e ingressar no Nível 2 da BM&FBovespa, já em 2014. |GRI2.9| Um exemplo desta mudança é o tag along, que passa a ser de 100% para todas as classes de ações. Este mecanismo garante um maior alinhamento de interesses entre potenciais investidores, acionistas e demais stakeholders.

Esses avanços estão intrinsecamente associados ao compromisso que a Klabin mantém, desde a sua fundação, com o desenvolvimento sustentável e que é corroborado pelo reconhecimento que tem recebido do mercado. No ano passado, a Klabin ingressou no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. O WWF, uma das maiores organizações do mundo dedicadas à conservação ambiental, também incluiu a Klabin em seu Relatório de Performance Ambiental, em 2013. A Companhia registrou um excelente desempenho na pesquisa, avaliando-se aspectos como a influência da empresa sobre os ecossistemas florestais, emissões de gases e poluição da água durante o processo produtivo e o Sistema de Gestão Ambiental.

Para garantir que os parceiros de negócios sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade, aprimorou-se a gestão da cadeia de suprimentos, incluindo na Política de Contratação de Fornecedores critérios relacionados aos direitos humanos e práticas trabalhistas, além do cumprimento da legislação ambiental. O Código de Conduta também foi atualizado, com o objetivo de reforçar os valores e compromissos com os diferentes públicos em relação aos temas de combate ao trabalho análogo ao escravo e à exploração infantil, erradicação de práticas de discriminação e assédio, e a valorização da diversidade.

A Klabin amadureceu em seus compromissos com o Pacto Global e os Objetivos do Milênio, da ONU, aperfeiçoando sua gestão a partir de uma ampla avaliação da aderência entre suas práticas e os Princípios Universais estabelecidos pelo Pacto. Além disso, em 2013, tornou-se ainda signatária do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo e manteve seu comprometimento com as diretrizes do Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção.

Em relação aos negócios, a Klabin está investindo mais de R$ 400 milhões na expansão da Unidade Goiana, em Pernambuco, para acompanhar a crescente demanda de clientes na Região Nordeste. A expansão contempla a instalação de uma nova máquina de reciclados, com capacidade de produção de 110 mil toneladas e previsão para entrada em operação no quarto trimestre de 2014, além da ampliação da planta de papelão ondulado, que duplicou sua capacidade de produção, atingindo 146 mil toneladas/ano, com a instalação de novas onduladeiras e impressoras. A Unidade também teve sua capacidade de produção de sacos industriais duplicada, passando de 7 milhões de sacos/mês para 14 milhões/mês. Até o fim de 2014, a expectativa é de que a fábrica produza 20 milhões de sacos/mês. |GRI2.9|

Em 2013, também foi aprovado o investimento em uma nova máquina de papel kraft para sacos, concluído em novembro. Instalado na Unidade Correia Pinto, em Santa Catarina, o equipamento tem apresentado alto desempenho e produziu mais do que o esperado ainda em dezembro.

Como reconhecimento, foram recebidos 12 prêmios ao longo do ano, entre eles o destaque do setor, pela primeira vez, no Guia Exame de Sustentabilidade. A empresa foi ainda bicampeã consecutiva em premiações relevantes do mercado, como: a Melhor Companhia do Segmento de Papel e Celulose em 2013 de acordo com o guia Melhores e Maiores, da revista Exame; a empresa mais admirada do setor de Papel e Celulose na 16ª edição do anuário As empresas mais admiradas do Brasil, da revista Carta Capital; e primeiro lugar na categoria Papel e Celulose no ranking Melhores da Dinheiro, da revista IstoÉ Dinheiro.

Dentre os compromissos com sociedade e meio ambiente, a Klabin tem como objetivos e metas de médio e longo prazo ampliar em 100% sua autossuficiência em geração de energia, reduzir o consumo de água e de emissões de gases do efeito estufa, além de certificar seus parceiros, pequenos produtores florestais.

A Klabin é uma empresa de 115 anos que tem energia suficiente para se reinventar, crescer e abrir novos mercados. As transformações em curso na Companhia são fruto da vontade de homens e mulheres que compartilham valores e acreditam que o futuro está no equilíbrio sustentado entre crescimento, geração de valor e respeito aos recursos naturais e às pessoas.

A Companhia agradece aos clientes, fornecedores, investidores, parceiros de negócios e colaboradores que participaram de todas essas conquistas ao longo de 2013.


A Administração