Análise setorial

A tendência de alta do câmbio ao longo de 2013 impulsionou a competitividade dos produtos nacionais, elevando as vendas externas, ao mesmo tempo em que inibiu a importação de produtos acabados para mercado interno.

A combinação desse cenário resultou no aumento de 7,3% da produção brasileira de celulose em 2013, na comparação com o ano anterior, somando 14,995 milhões de toneladas, de acordo com dados da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). Em relação à produção brasileira de papel, houve crescimento de 16% em relação ao ano anterior, atingindo 10,428 milhões de toneladas. As vendas domésticas de papel atingiram 5,716 milhões de toneladas no período, aumento de 2,9%. Em volume financeiro, as exportações de papel e celulose foram responsáveis por US$ 7,156 bilhões em 2013, elevação de 7,5% em comparação com o volume registrado no ano anterior, de US$ 6,657 bilhões.