A certificação é uma metodologia de gestão que busca atestar a credibilidade e a garantia de melhoria contínua dos processos internos da Companhia, por meio de auditorias internas e externas conduzidas por prestador de serviços credenciado junto aos organismos de normatização.

Os certificados da Klabin demonstram seu compromisso com as melhores práticas do mercado e com a qualidade dos produtos, além da adoção de processos ambiental e socialmente responsáveis ao longo da cadeia produtiva.

Em 2013, a Klabin conquistou certificação inédita no setor de celulose e papel brasileiro, a FSSC 22000 (Food Safety System Certification 22000), uma das mais avançadas normas utilizadas para assegurar a procedência do papel para embalagens de alimentos.

pioneira-pt


Em outra conquista de destaque, a Klabin foi a primeira empresa do setor na América Latina a assegurar a origem da matéria-prima utilizada na fabricação de seus produtos, já que possui a certificação FSC® para a cadeia de custódia de sacos industriais, papelcartão e papel kraft.






CERTIFICAÇÕES DA KLABIN:



FSC®: assegura o correto manejo florestal por meio de dez princípios, entre os quais o uso eficiente dos múltiplos produtos e serviços da floresta, bem-estar dos trabalhadores e das comunidades, conservação da biodiversidade, plano de manejo detalhado, monitoramento e avaliação de impactos ambientais e sociais.

OHSAS 18001: permite controlar e melhorar o nível do desempenho da gestão da saúde e da segurança. A aplicação da OHSAS 18001 retrata a preocupação da Klabin com a integridade física de seus colaboradores e parceiros.

ISO 14001: define os requisitos para uma empresa estabelecer e operar um Sistema de Gestão Ambiental. É reconhecida mundialmente como meio de melhorar o desempenho ambiental.

FSSC 22000: é uma das mais avançadas normas utilizadas para assegurar a procedência do papel para embalagem de alimentos. A nova certificação foi criada tendo como base a ISO 22000, complementando-a ao especificar claramente os pré-requisitos necessários para a produção de embalagens que garantam segurança à saúde do consumidor final. Determina pré-requisitos como limpeza e organização da área produtiva, além de controles de qualidade da água, ar e pragas, necessários à produção de embalagens para alimentos.

ISO 9001: possui diretrizes que asseguram um modelo de gestão capaz de garantir a uniformidade do produto. Engloba todas as etapas dos processos relacionados à qualidade, desde o projeto até a entrega do produto final.

ISEGA (certificação de produto): Garante a qualidade do papel usado para a produção de embalagens que entram em contato com alimentos.